Críticas

Published on May 7th, 2018 | by Vivian Duarte

0

Corra – Crítica

Um final de semana qualquer para muitos, mas um muito especial na vida de Chris (Daniel Kaluuya) que está indo junto com sua namorada Rose (Allison Willians) conhecer seus pais. Contudo há um diferencial entre eles: ele é negro e ela é branca. O que para muitos não quer dizer nada, mas em pleno século XXI ainda é visto por outros como uma coisa diferente. Afinal quem nunca ouviu a frase: “eu não sou racista, tenho até amigos negros” para justificar algum ato de preconceito.

Continuado ao chegar na casa dos pais de Rose, Chris percebe que eles são uma família tradicional aos olhos da sociedade. Há um pai, uma mãe e até um irmão. E percebemos claramente o desconforto dele ao ver que na casa há dois trabalhadores negros, quem dera isso fosse apenas o único problema. Acostumado ao fato das pessoas o olharem diferente Chris percebe que a algo mais estranho naquele lugar: todos sorriem demais. E já foi comprovado por diversos filmes de psicopatas e sociopatas que pessoas que sorriem demais são perigosas.  E quando você percebe o que está realmente acontecendo naquele pacato e perturbador lugar, sua única reação é gritar com a televisão na esperança que o personagem ouça e saia daquela casa.

Corra é um presente para os amantes de suspense, pois possui uma trama envolvente e doentia que te prende até o final. Mas não pensem que é só suspense, um dos melhores personagens do filme e também alivio cômico Rod (LilRel Howery) consegue nos fazer sorrir até nos momentos de maior tensão. Então não perca tempo e vá ao cinema assistir essa trama maravilhosa de Jordan Peele.

Corra – Crítica Vivian Duarte

Summary: Dê sua nota também

4


User Rating: 0 (0 votes)

Tags: , , ,


About the Author



Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Back to Top ↑