Se lembram dessa comedia light datada de 1994? Revi ontem Adoro Problemas e, por incrível que pareça, me diverti! Os computadores eram palentólogos, tela verde, e ainda se usava disquete. Mas talvez se fosse refilmada hoje não teria o glamour que teve na data de seu lançamento.

A história é meio clássica: duas pessoas que se odeiam têm que unir forças por um objetivo comum ( já viram isso antes? ). Um veterano jornalista (Nick Nolte) é enviado para cobrir um desastre de trem. No dia seguinte, descobre que a bela novata (Julia Roberts) que conheceu no local deu um furo de reportagem: o desastre foi fruto de sabotagem. Eles começam a investigar paralelamente, com direito a alfinetadas um no outro ,e o resto é história.

O roteiro tem o toque de Nancy Mayers, responsável como diretora por filmes como “Alguém tem que ceder”, “Simplesmente Complicado” e “O Amor não tira férias”. A direção fica por conta de Charles Shyer, mas o glamour mesmo fica por conta de Julia Roberts com seu texto ágil, suas tiradas inteligentes e, claro, sua beleza.

Julia na época ainda tinha feito poucos filmes de destaque.

Além do aclamadíssimo “Uma Linda Mulher” de 1990, tinha trabalhando em fitas como o suspense “Dormindo com o Inimigo”, o drama “Tudo por Amor” ( alguém consegue falar nesse filme sem se lembrar da música tema do Kenny G que virou clássico em vídeos de noivas e debutantes? ) e a boa adaptação da obra de John Grishan “O Dossiê Pelicano”. Era a queridinha da vez de Hollywood. Anos depois veio a ganhar seu Oscar por Erin Brockovich em 2000 e hoje é uma das atrizes mais bem pagas de Hollywood, e com o mais belo sorriso também.

Nolte também está bem, mas achei o papel do jornalista que chega até a se auto-plagiar porque não vai bem na carreira até que essa história do acidente de trem estoura e ele tem que se unir com essa, nas palavras dele, novata, um pouco caricato demais.

Me lembrei de ter visto, lá nos anos 90, na clássica e saudosa fita de VHS verde da Abril Video. É divertido e sem compromisso. Vale para os saudosistas de plantão, assim como eu.

Leia também