Críticas

Published on Maio 16th, 2018 | by Vivian Duarte

0

D-Day: Crítica

Um dorama diferente com um tema bem peculiar.

Imagine um lindo sábado de sol, numa cidade grande quando de repente um terremoto ocorre destruindo tudo. Essa é a premissa de D-Day. Bem diferente dos estilos que estou acostumada assistir, fiquei cativada pela história envolvente onde uma equipe medica se desdobra para atender pessoas feridas num cenário nada promissor.

A cidade de Seoul está completamente acabada, há pessoas feridas para todos os cantos, enquanto hospitais estão atendendo o maior número de pessoas possíveis, o Hospital Mirae, com seu ilustre diretor babaca está apenas preocupado com os números e com o lucro.  Contudo mesmo a contragosto do diretor babaca, o hospital acaba abrindo suas portas graças a doutora Kang (Kim Hye Eun) que junto com o doutor Dr. Lee (Kim Young Kwang ), a doutora Jung (Jung So Min) e a enfermeira Park (Yoon Joo Hee ) tornam-se uma espécie de aliança de rebelde contra o terrível sistema de regras do hospital. No meio disso tudo há o Dr. Han (Ha Suk Jin), um brilhante médico que passa maior parte do tempo tentando ser o que nunca foi: um babaca.  Junto a equipe médica há também o corpo de bombeiros que com seus atos heroicos acabam trazendo esperanças as pessoas.

O tema foi bem abordado, há forma que vemos a evolução dos personagens, tanto fisicamente como psicologicamente é interessante, pois percebemos claramente que os valores de certo e errado estão sendo discutidos constantemente. As cenas de destruição são bem montadas, os efeitos são satisfatórios e o elenco definitivamente é muito cativante.

A serie conta com 20 episódios e consegui assistir pela Netflix. Peço que deem a uma chance para esse projeto, pois realmente fiquei surpreendida e cativada.

Tags: , , , , ,


About the Author



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Back to Top ↑