Filme de terror não ganha Oscar?

0
128

A maior premiação do cinema mundial está chegando, e temos uma lista enorme de ótimos filmes concorrendo aos prêmios. Mas vocês já repararam que dificilmente filmes de terror são lembrados pela Academia?

E quando são indicados, é sempre pras categorias técnicas como maquiagem, efeitos visuais, roteiro, mixagem de som, entre outras. Mas por que motivo eles são ignorados?

Desde a invenção do cinema, todo tipo de assunto é amplamente abordado, e não podia ser diferente quando se trata do medo das pessoas.

Sabemos que esse tipo de filme atrai grande parte dos cinéfilos desde sempre, justamente por mecher com nossa imaginação.

Quem nunca ficou travado com aquele arrepio na espinha e perdeu o sono após assistir o Exorcista altas horas da noite?

Esse gênero causa pavor e mal estar, mas nos tira da nossa zona de conforto, e nos coloca cara a cara com nossos sentimentos.

Bons filmes de terror falam de religiao, economia, mexem com a estrutura da família, e inclui assim os pricipais pilares da sociedade, assuntos até pertinentes para que um filme seja notado.

Mas por que a Acadêmia continua dando um “gelo” nesses filmes se são tão queridos pelo público?

Sabemos que eles preferem filmes que celebrem os EUA, que exaltem a Industria do Cinema, ou filmes que mostram aqueles que deram a volta por cima e conquistaram a vitória ou que reconfortam certos grupos específicos.

Mas, as vezes surgem filmes de terror tão bons que nem mesmo a Academia consegue ignorá-los.


Vamos conferir algumas obras magnificas que já foram indicadas e levaram a tão desejada estatueta dourada!

O Silêncio dos Inocentes (1991)

O psiquiatra brilhante e também psicopata canibal violento, que cumpre prisão perpétua, conseguiu a incrível façanha de fazer com que o filme fosse premiado em CINCO categorias: Melhor Filme, Melhor Ator (Anthony Hopkins), Melhor Atriz (Jodie Foster), Melhor Diretor (Jonathan Demme) e Melhor Roteiro Adaptado! Uau!

 

Drácula de Bram Stoker (1992)

O vampiro apaixonado que espera através dos séculos, até encontrar a suposta reencarnação de sua amada foi indicado em QUATRO categorias e levou TRÊS: Melhor Figurino, lindo, diga-se de passagem, Melhor Maquiagem e Penteado e Melhor Edição de som!

 

Tubarão (1975)

Quem nunca ouviu a famosa música de suspense desse filme? É incrívelmente assustadora, principalmente porque sabemos que quando ela toca, um monstro gigante com dentes afiados vem nos devorar! Tubarão ganhou os Oscars de Melhor Trilha Sonora Original (John Williams, claro), Melhor Mixagem de Som e Melhor Montagem!

 

O Exorcista (1973)

Meu Deus, Regan! Esse filme conseguiu levar DOIS Oscars e milhões de pessoas aos cinemas pra gritarem de medo! O exorcista ganhou os prêmios de Melhor Roteiro Adaptado e Melhor Mixagem de Som. Deus me livre! Rsrs

 

Um Lobisomem Americano Em Londres (1981)

Dois amigos viajaram para Londres, um deles morreu e o outro se transformou em um monstro horrível que deu ao filme o Oscar de Melhor Maquiagem!

 

A Mosca (1986)

Que sofrimento ver a transformação acidental de um brilhante cientista em uma criatura metamorfa com DNA de mosca horrivelmente nogenta, mas ganhadora do Oscar de Melhor Maquiagem! Valeu a pena a experiência, doutor Seth Brundle?

 

Alien,  O Oitavo Passageiro (1979)

O filme que fez muito marmanjo (inclusive eu) ir dormir olhando pro céu com medo de que um Alien viesse e botasse um ovo em sua barriga. Esse filme foi um marco na história, tanto com personagens marcantes como a Tenente Ripley (Mulherão!) quanto nos Efeitos Visuais, o que lhe rendeu o Oscar naquele ano!

 

A Profecia (1976)

Quando uma mãe perde seu filho ao nascer, e o pai coloca um bebê misterioso no lugar dele, nada melhor do que um Oscar de Melhor Trilha Sonora pra “aliviar” a tensão, não é mesmo?

 

O Bebê de Rosemary (1968)

Quando a jovem Rosemary fica grávida, ela passa a ter estranhas alucinações e vê o seu marido se envolver com uma seita de bruxas que quer que ela dê luz ao Filho das Trevas. Isso foi o suficiente pra deixar Mia Farrow maluca e ganhar o Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante!

 

Corra (2017)

Chris é um jovem negro, que namora uma garota branca com uma família esquisita, que quer usar partes do corpo de dele em um tipo de experiência bizarra que deixaria o Dr. Frankenstein chocado! Por isso Corra levou o prêmio de Melhor Roteiro Original!

 

E aí? Já assistiu esses filmes de terror mega premiados?

O Oscar 2020 é neste domingo, 9 de fevereiro!

Que tal compartilhar conosco sua opinião?