Algo muito difícil no mundo da TV é conseguire..." /> Fuller House: Primeira temporada - Crítica

Críticas

Published on Maio 23rd, 2018 | by UaiNerd

0

Fuller House: Primeira temporada – Crítica

Algo muito difícil no mundo da TV é conseguirem fazer um spin-off de qualidade de um série icônicas, geralmente ou elas ficam sem a essencial do produto original ou muito presa ao produto de origem, fazer algo que lembre do passado e desenhe a atualidade de forma  convincente e muito complicado.

Em Fuller House a Netflix consegue atender de forma muito eficaz a isso, desde de o primeiro episódio há um equilíbrio na dose de nostalgia e no interesse ao presente e no futuro da família Fuller, a sintonia entre o antigo elenco é nítida e chega até a parecer que eles nunca haviam se separado e os novos personagens são extremante cativantes, destaque em especial para o pequeno Max (Elias Harger) que tem toda uma fofura e charme, que supre perfeitamente o espaço que cabia a Michele em Full House.

As alfinetas dadas as irmãs Mary-Kate e Ashley Olsen no decorrer dos episódios, por elas terem sido as únicas a se recusarem a participar da nova produção, são hilárias e diverte bastante quem assistiu a primeira série. fora as piadas internas feitas pelo elenco sobre si mesmo. que também garante boas risadas.

Fuller House é divertida, emocionante e é sobre família, vale muito sentar e assistir por horas e assistir algo tão bem feito.

 

 

Fuller House: Primeira temporada – Crítica UaiNerd

Summary: Dê sua nota também

3,5


User Rating: 0 (0 votes)

Tags: , ,


About the Author



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Back to Top ↑