Halloween – Crítica

0
52

Quando o antigo tentar virar novo, essa é a frase que ao meu ver define o novo Halloween.

Quatro década depois de ter escapado do ataque de Michael Myers em uma noite de Halloween, Laurie Strode (Jamie Lee Curtis) terá que confrontar o assassino mascarado pela última vez. Ela foi perseguida pela memória de ter sua vida por um triz, mas dessa vez, quando Myers retorna para a cidade de Haddonfield, ela está preparada.

Essa é a premissa do novo filme, que não tenta fazer um novo começo, mas sim uma continuação dos filmes anteriores. Ah, mas eu não vi os filmes anterior não posso ver esse? Pode sim, sugiro só dar uma lidinha nas histórias dos filmes anteriores que dá para entender esse tranquilamente, pois essa continuação passa muitos anos depois não dando continuação direta aos filmes anteriores.

O roteiro do filme é simples, segue a premissa do serial killer matando varias pessoas de forma grotesca, mas o que vai te prendendo a trama é a espera do encontro entre Laurie e Michael. Laurie quer vingar o que Michael fez com a sua vida e Michael quer matar, pois foi a única que até hoje não conseguiu.

A trilha sonora do filme eu adoro, só de ter a trilha clássica composta por John Carpente, já me dar arrepios. É umas das trilhas que mais me da medo.

As atuações pecam um pouco, acredito que é um pouco forçada e isso poder ser o motivo da primeira frase dessa critica , pois sinto que queriam fazer algo meio anos 80,90 onde as atuações em filmes de terror tinha aquele “tom” de ser mais forçado.

Portanto o novo Halloween podia ser melhor, sim podia. Mas ser você for fã da franquia, esse novo filme vai ter que os outros tinham e ainda um embate muito bom entre Laurie e Michael, talvez você que não conheça tao bem a franquia, não vai curtir Halloween 2018, mas tenho certeza se você for fã, vai gostar bastante.

Assista ao trailer:

[su_youtube url=”https://www.youtube.com/watch?v=o7KMfkiZYaQ” width=”360″ height=”280″]

Que tal compartilhar conosco sua opinião?