Os 10 piores filmes de 2021 de acordo com a crítica

Depois das dez piores séries do ano, trouxemos agora os piores filmes de 2021 de acordo com a crítica. Confira:

10) “Diana: O Musical”

The Boston Globe escreveu que, enquanto biografia, essa obra é rasa e redutiva e, enquanto musical teatral, é uma mistura esquecível de letras dolorosamente exageradas. A revista Entertainment Weekly falou que o filme é “caro e sem sentido” e disse que é melhor ver a entrevista de Harry e Meghan para a Oprah.

Nota: 29 / 100

09) “Infinite”

The Boston Globe escreveu que o filme é incoerente e genérico e a revista Variety escreveu que, quanto mais pensava no filme, mais buracos apareciam na trama.

Nota: 28 / 100

08) “Blithe Spirit”

A comédia com Dan Stevens, Isla Fisher, Judi Dench e Leslie Mann, foi classificada como “produção sem inspiração” pelo The Austin Chronicle. O San Francisco Chronicle escreveu que todos os atores estão bem, e que o problema é o roteiro.

Nota: 26 / 100

07) “Os Renegados”

 O longa foi chamado de “sem sentido”. “Os personagem são insossos, os diálogos são atrozes, a ação é medíocre e até o roubo é enfadonho”, publicou o site Roger Ebert.

Nota: 25 / 100

06) “Últimas Notícias de Yuba County”

A comédia sobre uma mulher que se torna viúva ao flagrar o marido na cama com outra, não agradou. The New York Times questionou por que o cineasta Tate Taylor aceitou dirigir o filme, e o IndieWire sentenciou: “é o tipo de filme que parece sugar sua alma enquanto você assiste – um humor muito grosseiro e pastelão”.

Nota: 24 / 100

05) “American Skin”

O filme sobre o veterano da Marinha tentando consertar a relação com o filho não cativou. A maior parte das críticas foi negativa. O Los Angeles Times diz que o filme não tenta se comunicar coerentemente e prefere gritar. O Screen Daily classificou a obra como “insuportavelmente enfadonha”.

Nota: 24 / 100

04) “Meia-Noite no Switchgrass”

Com Megan Fox e Bruce Willis como estrelas o filme de ação não agradou nem a crítica nem o público. The New York Times disse que a atmosfera desse longa-metragem é “completamente desprezível”.

Nota: 24 / 100

03) “The Virtuoso”

Nem Anthony Hopkins salvou esse thriller de ação. A revista Variety escreveu que o ator não está horrível no filme, mas tudo que o rodeia no filme é horrível.

Nota: 24 / 100

02) “Music”

Dirigido pela Sia tratando de autismo amargou críticas de todos os lados. O site Vulture classificou o filme como “uma peça antiquada de besteira sem vergonha”. “Poderia ser hilário se não fosse tão ofensivo”, ressaltou.

Nota: 23 / 100

01) “Conquista”

Estrelado por Ruby Rose e Morgan Freeman, o thriller foi o mais criticado de 2021. A ABC News publicou que é um abuso ver um ator lendário como Freeman em uma “bagunça implacavelmente violenta e enfadonha, que oferece uma lição aos estudantes de cinema sobre como fazer tudo errado calamitosamente”.

Nota: 22 / 100

Que tal compartilhar conosco sua opinião?