Críticas

Published on Maio 17th, 2018 | by UaiNerd

0

Ted 2 – Crítica

Ted foi um sucesso inegável, aquele ursinho de boca suja e movido a maconha e seu amigo também boca suja  e drogado, caíram logo nas graças do público, e rendeu 550 milhões de dólares, 500 milhões a mais do que seu custo de produção.

Esse novo filme é estrelado por Mark Wahlberg que atua bem como quase sempre, Amanda Seyfried que deixa a desejar em relação a Mila Kunis  e Seth MacFarlane ( A voz de Ted no áudio original).

Dirigido e roteirizado por Seth MacFarlane, também criador da série animada Family Guy, aqui conhecida como Uma Família da Pesada, Ted ser tornou cult e levou seu criador ao estrelato no meio da indústria cinematográfica, o que lhe deu carta branca para dirigir roteirizar e estrela o fracassado Um milhão de Maneiras de Pegar na Pistola ( A Million Ways to Die in the West).

Em Ted 2, vemos que Seth MacFarlane comete os mesmos erros de muitos roteiristas de sequencia, a falta originalidade e o medo ousar.

Na história Ted se casa com a namorada Tami-Lynn (Jessica Bath) e depois de um tempo casados entram em crise, Ted decide que eles devem ter um filho para salvar o casamento , porém ele não é considerado humano e precisa prova na justiça que a pesar de ser um urso possui sentimento humanos.

Ted 2 é cheio de referencias da cultura pop em especial dos anos 70 e 80 , participações especiais como as de Morgan FreemanLiam Nelson e cenas gravadas na Comic Con ( Em que por sinal acontece uma das sequências de cenas mais legais do filme) e certamente são esses pontos que pouco diferenciam essa sequencia do primeiro filme.   Enfim mesmo sem ser tão original quanto ao primeiro e não trazer nenhuma grande surpresa Ted 2, consegue tirar boas risadas a quem assiste

Ted 2 – Crítica UaiNerd

Summary: Dê sua nota também

4


User Rating: 0 (0 votes)

Tags: , , , , , ,


About the Author



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Back to Top ↑