Eles se amavam no filme e se odiavam nos bastidores, sim nem presente aquele casal lindo da tela de cinema se da bem na vida real. Por isso reunimos aqui cinco desses casos. Confira:

5-Ryan Gosling & Rachel McAdams – Diário de uma paixão (2004)

 “Talvez não devesse estar a contar esta história, mas eles não se estavam a dar nada bem nas filmagens. Mesmo nada”, dizer  o realizador do filme “Diário de uma Paixão”

 

Se os personagens Allie e Noah vivam entre o amor é o ódio, Ryan Gosling e Rachel McAdams  só vivam na base do ódio mesmo.  Ryan Gosling chegou a ir ao produtor para lhe pedir que substituísse Rachel por outra atriz.  O mais engraçado dessa história é que depois de tanto ódio o amor surgiu e quando as filmagens do longa acabou ele começaram um namoro que durou três anos.  Eles sem amavam, se odiavam e no fim se amavam de novo. 

4Patrick Swayze & Jennifer Grey – Dirty Dancing  (1987)

 

Patrick Swayze considerava Jennifer Grey muito irritante para trabalhar e chegou a contar que por causa das variações de humor da atriz tiveram de repetir várias vezes as cenas. Patrick revelou ainda que os dois tiveram “momentos de atrito” e que ela era “particularmente emotiva” e “às vezes desatava a chorar se alguém a criticasse”. Porém, depois de tudo eles acabaram virando bons amigos. 

3-Leonardo DiCaprio e Claire Danes – Romeu e Julieta (1996)

Claire tinha  apenas 16 anos quando filmou a adaptação da história de Shakespeare, mas  isso não a impediu de achar Leonardo DiCaprio que na época tinha 22 anos, um completo imaturo.

Ela dizia que não aguentava mais as brincadeiras sem graça de DiCaprio e os dois ficaram sem se falar fora do set, interagindo somente na hora da filmagem. Eles sem amavam de morrer na tela mas dos bastidores preferiam a morte a ficarem perto um do outro. 

2Reese Witherspoon e Vince Vaughn – Surpresas do Amor (2008)

Boatos dão conta que Reese Whiterspoon não conseguia olhar nos olhos de Vince Vaughn durante as gravações de ‘Surpresas do Amor’ (2008). O que pode ser totalmente real, já que os dois têm personalidades completamente diferentes: ela mais séria, ele engraçado. entretanto, Witherspoon tratou de negar o tal rumor:

“Nós éramos bons amigos e bons parceiros enquanto estávamos gravando o filme”, 

1-William Baldwin e Sharon Stone – Invasão de Privacidade ( 1993)

mesmo se aproveitar da onda erótica/romântica criada por ‘Instinto Selvagem’ (1992), ‘Invasão de Privacidade’ (1993) não acertou seus rumos. e para piorar, Sharon Stone adorava zombar de William Baldwin entre as filmagens. Em uma cena de beijo, Sharon mordeu a língua do colega tão forte que, supostamente, ele teria ficado sem falar por uma semana. William Baldwin e Sharon Stone em ‘Invasão de Privacidade’ (1993). 

Leia também